CPF na nota SP consulta: benefícios, cuidados e mais!

O Programa Nota Fiscal Paulista foi criado no ano de 2007 com o intuito de incentivar os consumidores a pedirem nota nos estabelecimentos comerciais sempre que efetuarem suas compras.

Ao realizar esse procedimento, o cidadão ganha créditos, concorre a prêmios e ainda, colabora na luta contra a sonegação fiscal. O estado de São Paulo foi o pioneiro nessa ideia e hoje o programa está presente em diversos estados brasileiros como: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Alagoas, Pará, Amazonas, Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia e Distrito Federal.

Quais os benefícios de colocar o CPF na Nota?

Quais os benefícios de colocar o CPF na Nota?

Lojas de roupas, calçados, eletrodomésticos, restaurantes e outros tipos de estabelecimentos devem fornecer a possibilidade de colocar CPF na nota para todos os consumidores. Inclusive, isso deve ser perguntado no ato do pagamento.

Nessa hora, o consumidor tem a chance de exercer a sua cidadania e ainda ganhar um dinheiro, sem mencionar que pode concorrer a prêmios mensais. Em São Paulo, os benefícios de colocar o CPF na Nota são:

  • Créditos de até 20% do ICMS que ficam disponíveis para saque;
  • Sorteio de prêmios mensais que variam de mil reais a 1 milhão;
  • Abatimento do IPVA.

Cada estado tem sua política de porcentagem de créditos, abatimentos e premiações. Por isso, é fundamental consultar o regulamento.

Como fazer a consulta da Nota fiscal Paulista?

O saldo nada mais é que os créditos que o consumidor tem a receber, é parte dos impostos sobre as compras realizadas. Uma porcentagem do ICMS simplesmente é devolvida para o consumidor que colocar CPF na nota.

Todavia, para se beneficiar é necessário se cadastrar no programa e pedir para colocar o CPF na nota sempre que fizer uma compra ou pagar uma conta em um restaurante.

Depois de fazer isso, é só acessar o portal para consultar o saldo, é simples:

  1. Acesse o site https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/;
  2. Digite o CPF e a senha e clique em “Consultar”;
  3. Vai abrir uma página do Sistema da Nota Fiscal Paulista e  você deve acessar o campo ” Consumidor”, onde será necessário informar novamente o CPF e senha;
  4. Na tela, aparecerão todas as notas em que você informou o CPF, bem como seus créditos.

Caso tenha esquecido a sua senha, é só clicar em “Esqueci minha senha” e seguir o procedimento solicitado pelo sistema.

Como efetuar o cadastro na Nota Fiscal Paulista?

Pedir CPF na nota, fazer o cadastro no site da Secretaria da Fazenda e resgatar os créditos, são esses os procedimentos que devem ser seguidos para participar ativamente do programa.

Comece se cadastrando agora:

  1. Acesse o site https://www.nfp.fazenda.sp.gov.br/;
  2. No lado direito da tela, tem uma aba “Novos Cadastros”, escolha “Cadastro Pessoa Física ou Cadastro Pessoa Jurídica”;
    Como efetuar o cadastro na Nota Fiscal Paulista?
  3. Informe os dados solicitados;
  4. Verifique a imagem de segurança e clique em “avançar”;
    Como efetuar o cadastro na Nota Fiscal Paulista?
  5. Na próxima tela tem mais dados para informar, preencha tudo o que for solicitado e conclua o processo.

À partir daí você já pode inclusive realizar a consulta do saldo das notas que você já informou o seu CPF. Vale lembrar que já é possível pedir nota antes de fazer o cadastro no site.

Quais os produtos geram mais créditos na Nota Fiscal Paulista?

Alguns setores geram mais créditos justamente porque o Governo quer fomentar o consumo de determinados  produtos entre os consumidores, a exemplo disso estão:

  • Compra de livros, jornais, revistas, peixes e carnes (adquiridos em açougues e peixarias). Para esses, o percentual dos créditos podem chegar a 30%.

Já o consumo em hipermercados, loja de departamentos, variedades e magazines, o percentual do imposto devolvido é de 5%.

Veja aqui mais sobre a Nota da Gente Sergipe e como funciona!

Além disso, o percentual é zerado em artigos comercializados em lojas de fogos de artifício, tabacaria, bebidas alcoólicas, armas e munições, pois o objetivo é justamente desestimular o uso de produtos que trazem riscos à saúde do cidadão.

Ainda existem outros produtos que não dão créditos, são os medicamentos, combustíveis, lubrificantes, artigos de perfumaria e contas de luz, internet e água.

Do momento que o consumidor efetuou a compra no estabelecimento, pode demorar alguns dias para creditar no site da Nota Fiscal Paulista, pois vai depender da loja fornecer os dados.

Marcela Mazetto

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content